Só mulheres e crianças no estádio: exemplo de punição na Turquia

A Turquia é reconhecidamente um dos lugares do mundo onde a paixão pelo futebol não tem limites. Ao mesmo tempo, infelizmente, também é lembrada pela violência e pelo clima de tensão entre as torcidas locais - isso sem falar da crise que envolveu a manipulação de resultados na temporada passada. Exatamente por isso é muito bacana registrar o que aconteceu no jogo entre Fenerbahce e Manisapor, ontem, em Istambul. O time do meia brasileiro Alex, ex-Cruzeiro, teria que cumprir uma pena de três jogos por invasão de campo e por atos violentos de torcedores contra jornalistas. A punição seria jogar sem público.

Mas eis que a Federação Turca teve uma ideia brilhante: permitir que apenas mulheres e crianças entrassem no estádio - e de graça. Nada menos do que 41 mil pessoas lotaram o estádio e foram vigiadas apenas por policiais femininas. O jogo terminou 1 a 1 e a vibração dos torcedores pode ser conferido nesse pequeno vídeo abaixo. Sensacional!



Comentários

  1. Brilhante idéia da federação! Algo a ser tentado também por aqui.

    ResponderExcluir
  2. Eu adoraria esse tipo de punição por aqui.

    ResponderExcluir

Postar um comentário